Bicicleta ergométrica – 5 vantagens e desvantagens

Para quem não tem tempo de ir à academia ou um local apropriado como uma ciclovia, por exemplo, a bicicleta ergométrica pode ser uma alternativa muito eficiente. O simples fato de poder praticar o exercício …

Para quem não tem tempo de ir à academia ou um local apropriado como uma ciclovia, por exemplo, a bicicleta ergométrica pode ser uma alternativa muito eficiente.

O simples fato de poder praticar o exercício em casa, já torna tudo mais cômodo e fácil. Outra vantagem é que você pode pedalar o horário e dia que quiser, sem depender de condições climáticas, como aconteceria se fosse ao ar livre ou pessoas utilizando o equipamento como acontece nas academias.

Confira 5 vantagens e desvantagens de utilizar a bicicleta ergométrica no seu dia a dia. 

Ajuda a emagrecer

Este é um excelente exercício cardiovascular que permite queimar até 260 calorias em apenas 30 minutos, sendo um importante aliado para quem está tentando emagrecer ou eliminar alguma gordura localizada.

O exercício com a bicicleta ergométrica também pode ser utilizado por quem está tentando aumentar a massa muscular magra, pois, desde que não seja feito em exagero, ajuda a queimar a gordura, deixando apenas a massa magra construída durante o treino de musculação.

Protege as articulações

Fazer exercício na bicicleta ergométrica ou participar em aulas de spinning na academia, por exemplo, são ótimas opções para manter a boa forma física enquanto se recupera de lesões ortopédicas.

Isto porque, este tipo de exercício, quando feito corretamente, diminui bastante o impacto sobre as articulações do quadril, joelho e tornozelo, especialmente quando comparado com outras atividades como correr, pular corda ou jogar futebol, por exemplo.

Aumenta a resistência e tonifica as pernas

A resistência muscular é a capacidade que o músculo tem para continuar a funcionar quando está a ser utilizado por muito tempo. Assim, quando se está pedalando com resistência numa bicicleta ergométrica, os músculos vão-se adaptando e tornando-se mais fortes e tonificados, especialmente nas pernas e bumbum.

Ao aumentar a força e a resistência de um músculo também é possível melhorar a saúde dos ossos e ligamentos em volta, o que causa um aumento da força nas atividades diárias, evitando-se lesões.

Previne doenças cardiovasculares

O exercício na bicicleta ergométrica é um importante tipo de exercício cardiovascular, pois diminui a pressão arterial, melhora o funcionamento do coração e controla os níveis de açúcar no sangue. Além disso, também reduz o colesterol ruim, ao mesmo tempo que aumenta o colesterol bom, diminuindo o risco de formação de coágulos.

Assim, é possível evitar vários problemas de saúde como pressão alta, infarto, AVC ou trombose, por exemplo.

Existem desvantagens em usar a bicicleta ergométrica?

As desvantagens surgem quando ela é utilizada de forma inadequada. Algumas pessoas, sem orientação, que desejam perder peso “a todo custo”, acabam forçando o seu corpo, com excesso de exercícios. Outra desvantagem é o convívio social e o próprio contato com a natureza e o ar externo. Por mais que em uma academia seja possível conversar e fazer amizades, você limita a vivência em sociedade de poder ir a casa de amigos e familiares, pegar sol, observar paisagens ou circular por novos caminhos ainda desconhecidos.

Perguntas frequentes

O que é melhor esteira ou bicicleta ergométrica?

Sempre há dúvidas com relação a qual dessas duas máquinas proporciona melhores resultados. Baseando-se no treino de uma hora e levando em conta as variáveis obtidas pelo equipamento, a bicicleta ergométrica proporciona um menor gasto energético, cerca de 300 a 550 Kcal, enquanto que a esteira, no mesmo tempo, tem uma média de 300 a 750 Kcal. Isso é explicado pelo fato da bicicleta exigir menores grupamentos musculares para realização da tarefa.

Mesmo com um menor gasto calórico, a bicicleta tem grandes vantagens pelo fato de ser um aparelho bastante confortável, fazendo com que o indivíduo realize o exercício sentado e não obtenha impacto para os joelhos e costas, tornando-o assim mais seguro para pessoas sedentárias que desejam começar a praticar exercícios físicos. Por outro lado, a esteira contribui para um maior gasto energético, mas provoca maior impacto sobre os pés, joelhos e coluna, aumentando assim os riscos de lesões, recomendado para praticantes mais condicionados pelo fato de obter uma articulação mais fortalecida.

Quanto tempo de bicicleta ergométrica por dia?

Para quem procura uma vida saudável, melhorando o funcionamento cardiovascular, a bicicleta ergométrica também vem sendo uma boa opção. Basta 30 minutos por dia, cinco vezes na semana, que é possível dizer que estará prolongando à sua vida.

O que a bicicleta faz no corpo ?

Andar de bicicleta é um excelente exercício que acelera o seu metabolismo, ou seja, faz com que o seu corpo queime mais calorias rapidamente. O resultado é menos acúmulo de gordura no organísmo e, consquentemente, uma silhueta mais magra. Como todo exercícios físicos, pedalar exige força dos músculos.

Deixe um comentário